CIAPRA: Câmara Técnica de Saúde discute novas ações de enfrentamento ao Coronavírus Com aumento dos casos, consórcio decide criar comitê técnico microrregional

Diante do aumento de casos ativos nos municípios do Baixo Sul da Bahia, bem como as altas taxas de ocupação dos leitos de retaguarda e de UTI que atendem a região, secretários da câmara técnica de saúde do Ciapra Baixo Sul, que participam da Unidade de Referência Microrregional Covid19 (URMC), se reuniram de forma virtual para discussão sobre a necessidade de um maior alinhamento entre os municípios nas ações de enfrentamento ao COVID-19.

Dentre os pontos discutidos e apresentados, destaque para a decisão da criação do comitê técnico microrregional do Ciapra Baixo Sul, que terá como atribuição a recomendação e avaliação de medidas, no âmbito dos municípios envolvidos, visando a prevenção e o controle para enfrentamento do Covid-19 e que já deve iniciar sua atuação no decorrer desta semana com aplicação de medidas de enfrentamento coletivas.

“A segunda onda tem sido avassaladora e temos que nos posicionar enquanto poder público para proteger a nossa população e não permitir que nosso sistema de saúde entre em colapso. As ações acontecendo de forma consorciada ajuda muito, pois vivemos muito perto um do outro e o efeito de uma ação realizada em um município com certeza reflete no dia a dia do seu vizinho”, destacou a secretária de Saúde de Ituberá Talita Abreu.

Participaram da reunião virtual os municípios de Cairú, Taperoá, Nilo Peçanha, Ituberá, Igrapiúna e Camamu, além do Diretor Médico da URMC, Dr. Kleber Tunes, da Diretora Operacional da Unidade, Adriana Couto, bem como o Presidente do Ciapra Baixo Sul, Leonardo Cardoso, o Diretor Executivo do Consórcio, Leandro Ramos e membros da equipe.

Fonte: Ciapra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *