Ituberá avança no IDEB e é destaque na região do Baixo Sul Crescimento se manteve acima das metas estipuladas e chegou a 4,7 em 2019

O Ministério da Educação, através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgou os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2019 e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2019.

A cidade de Ituberá, no Baixo Sul, aparece entre os primeiros colocados da região tanto nas séries iniciais quanto nas séries finais.

Entre todos os municípios citados, apenas Ituberá alcançou a meta estipulada para 2019 tanto nos anos iniciais como nos anos finais, além de ter tido crescimento na pontuação entre 2013 e 2019 para os anos iniciais e finais, apontando significativa evolução da educação, no município, sendo destaque em âmbito regional.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica visa monitorar o desempenho da educação no Brasil, e para tanto utiliza um só indicador, onde os resultados de duas dimensões de qualidade da educação são analisados: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. O índice é calculado a partir dos dados sobre aprovação, obtidos no Censo Escolar, e dos resultados do Saeb.

Confira na tabela abaixo o crescimento do IDEB dos anos iniciais e finais na cidade de Ituberá, a partir de 2013.

2013 2015 2017 2019
ANOS INICIAIS:

Projetado 3,7

Alcançado – 3,9

 

ANOS INICIAIS:

Projetado 4,0

Alcançado – 4,2

 

ANOS INICIAIS:

Projetado 4,3

Alcançado – 4,6

 

ANOS INICIAIS:

Projetado 4,6

Alcançado – 4,7

 

ANOS FINAIS:

Projetado 2,8

Alcançado – 3,0

 

ANOS FINAIS:

Projetado 3,2

Alcançado – 3,8

 

ANOS FINAIS:

Projetado 3,5

Alcançado – 3,5

 

ANOS FINAIS:

Projetado 3,7

Alcançado – 3,9

 

 

 

Veja o ranking de 2019 do IDEB, nas cidades do Baixo Sul, apurado pelo INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira:

ANOS INICIAIS:

  1. Gandu: 5.0
  2. Cairu: 4.8
  3. Ituberá: 4.7
  4. Nilo Peçanha: 4.7
  5. Ibirapitanga: 4.6
  6. Taperoá: 4.3
  7. Igrapiúna: 4.2
  8. Valença: 4.1
  9. Camamu: 4.0

ANOS FINAIS:

  1. Gandu: 4.1
  2. Ituberá: 3.9
  3. Camamu: 3.7
  4. Valença: 3.5
  5. Ibirapitanga: 3.4
  6. Nilo Peçanha: 3.3
  7. Igrapiúna: 3.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *