Partidos pedem suspensão da circulação da nota de R$ 200 Nova nota terá como personagem ilustrativo o lobo-guará, animal escolhido em pesquisa realizada pelo BC

Os partidos Rede, PSB e Podemos entraram com pedido ao STF (Supremo Tribunal Federal) para suspensão da entrada em circulação das novas notas de R$ 200 e a declaração de inconstitucionalidade da criação.

A criação da nova cédula foi anunciada pelo Banco Central em 29 de julho com a estimativa de que estaria em circulação até o fim de agosto.
Em nota, incluída na ação, as instituições afirmam que a criação da nova cédula favorece atividades ilícitas, como corrupção, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, ocultação e evasão de divisas.

O QUE DIZ O BC

O BC publicou os principais motivos para a criação da cédula. Segundo a autoridade monetária, ela não tem correlação com a inflação do país e nem deve potencializar as falsificações.
A nova nota terá como personagem ilustrativo o lobo-guará, animal escolhido em pesquisa realizada pelo Banco Central em 2001 para eleger quais espécies da fauna brasileira a população gostaria que fossem estampadas.

Segundo o BC, o lançamento da cédula é uma precaução diante da demanda maior por dinheiro em espécie. O número de notas aumentou durante a pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *